Notícia - Cotidiano

Compartilhar:

Maringá regride ao século passado e registra caso grave de racismo

NOTA DE REPÚDIO
Equipe Enjoy Maringá repudia qualquer atitude racista, homofóbica, machista, qualquer atitude que menospreze outro ser humano.



Brasil país infelizmente racista
Quando alguém diz que o Brasil não é um país racista ou comenta que isso não existe, pode se dizer que está completamente enganado. Recentemente aconteceu um caso de racismo contra um aluno do Mestrado em Psicologia na Universidade Estadual de Maringá (UEM) e sua irmã mais nova, no próprio condomínio onde eles moram.



Os ataques racistas foram ditos por uma moradora do prédio, que sem fundamentos, alegava que o estudante e sua irmã estavam colocando suas bicicletas na vaga de carro dela. O aluno do mestrado gravou um áudio da moradora fazendo ofensas racistas contra a irmã mais nova, o áudio foi disponibilizado pelo Coletivo Yalodê-badá em sua página no facebook.


Reportagem do Cidade alerta de Maringá


Agora a pergunta que fica é quantas pessoas negras ainda vão ter que passar por esse tipo de situação até que alguma atitude seja tomada por autoridades?

O racismo precisa ter um fim, pessoas negras todos os dias são ofendidas, maltratadas, humilhadas, agredias e mortas simplesmente por serem negras.



Postado por: Enjoy Maringá

Mais acessadas

Veja as mais acessadas na última semana
Festival Gastronômico vai eleger Alô Maringá, vocês estão...
A 3ª edição do 'SÓ EM CENA' Projeto acontece entre os dias 9 e 18 de novembro e...
Rappin' Hood faz show de graça em A Semana do HipHop, entre os dias 20 e 25 de novembro,...