Notícia - Cotidiano

Compartilhar:

Lanchinho Noturno

O que fazer quando bate aquela fome tarde da noite? Dormir com fome realmente não é legal e, sequer, saudável. Por isso, o que os nutricionistas indicam é para que, nesse período, sejam ingeridas menores quantidades calóricas e alguns tipos de alimentos específicos, que não pesem tanto, que sejam digeridos com mais facilidade e até que ajudem o corpo a relaxar.

Então a grande dica é fazer lanches leves, comer alimentos menos gordurosos e pesados no período noturno. Na verdade, essa é a parte que quase todo mundo já sabe. Porém, existem alguns alimentos que, mais que não fazer com que a gente não durma bem, ajudam relaxar o corpo e dormir melhor, além de ainda fazer bem à saúde.

Vamos às dicas?

Leite com mel - o leite morno ajuda o corpo a relaxar e tem o hormônio triptofano, responsável por baixar os níveis de estresse do corpo, preparando-o para um bom sono. Por sua vez, o mel, é uma fonte de carboidrato e ajuda na absorção do triptofano do leite.

Iogurte com aveia - Essa combinação é rica em proteínas, cálcio, fibras e vitaminas que colaboram para um bom trânsito intestinal, além de ajudar na saciedade e melhorar o nível do bom colesterol. Sendo derivado do leite, o iogurte também é rico em triptofano e, a aveia, por sua vez, colabora para a absorção do hormônio.

Frutas secas - Quem gosta de algo mais docinho antes de dormir, tem a opção de comer frutas secas que, por serem desidratadas, possuem alta concentração de açúcar e fibras, que estimulam o sono. Só é preciso cuidar de quais frutas vai comer para não ingerir calorias demais.

Nozes e castanhas - As nozes e castanhas têm proteínas, gordura monoinsaturada e selênio, que equilibram os tipos de gordura saudáveis ao coração e melhoram os níveis de colesterol. Elas também são ricas em triptofano.

Banana - Fonte muito rica de carboidratos, que ajudam na absorção de aminoácido e na produção de seretonina, a banana também tem altos níveis de triptofano. Além disso, é rica em potássio, vitamina B e pectina, que ajudam a controlar a pressão arterial, regular o intestino, diminuir o colesterol alto e é um alimento de fácil digestão.

Semente de gergelim - As sementes caem bem com uma sopa ou iogurte e são fonte de triptofano. Também acrescenta proteínas e gorduras saudáveis à dieta. Porém, há uma alta quantidade de calorias nas sementes de gergelim. Portanto, não abuse!

Derivados de soja - Uma das maiores fontes de triptofano é a soja. Rica em cálcio, proteínas e fibras, ela ainda ajuda na redução do colesterol alto. O interessante é que há uma imensa quantidade de possibilidades para ingestão da soja.

Então, fique à vontade para escolher o que quiser e dormir o sono dos justos depois dessas dicas.

Cínthia Carla



Postado por: Cínthia Carla